alimentação senhortanquinho

Ganhou 3 kg no Natal? Não se desespere – Leia este texto!

Senhor Tanquinho

O Natal chegou e passou — e, com ele, a Ceia de Natal.

Talvez você tenha saído um pouco da dieta.

(Porque não tinha baixado nosso livro de receitas low-carb grátis para o Natal.)

Ou pode ser que você não tenha saído da dieta low-carb.

Mas que acabou comendo um pouco a mais (em termos de quantidade mesmo).

De todo modo, se você exagerou um pouquinho, é possível que tenha acordado no dia seguinte se sentindo um pouco mais inchado(a), pesado(a)…

E não esteja 100% feliz com esse fato.

Mas você não precisa se desesperar.

Porque escrevemos este post para você ler agora.

E voltar a ele todas as vezes em que o seu peso na balança oscilar (para mais ou para menos).

Porque vamos falar sobre peso aqui.

E inclusive te contar o que aconteceu no Natal para te fazer ganhar peso da noite para o dia.

Mas, em primeiro lugar, vamos parar e pensar um pouquinho: será que você deveria se importar tanto assim com seu peso?

Não quebre sua balança. Mas use-a sabiamente.

Atualmente, vemos muitos profissionais e coaches dizendo para você “jogar sua balança no lixo”.

Eles dizem isso por causa da experiência cotidiana deles: na qual dezenas de clientes vêem na balança uma fonte de frustração e ansiedade.

Todavia, acompanhar o peso pode sim ser uma ferramenta útil para avaliar seu progresso.

E descartar essa fonte de informação só porque algumas pessoas a utilizam de maneira errada nos parece um tanto quanto precipitado.

Porém, só porque o peso é uma ferramenta útil isso não significa que ele seja a melhor.

E certamente não significa que deva ser a única que devemos utilizar.

Vamos ver algumas situações em que o peso pode ser útil.

Por exemplo, pessoas que estão numa fase de ganho de massa muscular querem ver o peso na balança aumentar.

Mas esta não será a única forma de medir a evolução.

Porque elas provavelmente também vão medir os ganhos de força nos treinos, e a evolução das medidas corporais.

(Isto é: queremos ver braços e coxas crescendo… mas sem crescer muito a cintura.)

Já no caso do emagrecimento, outras ferramentas úteis podem incluir:

  • Roupas ficando mais folgadas,
  • Silhueta melhorando no espelho,
  • Elogios recebidos de outras pessoas,
  • Evolução nas medidas corporais,
  • Dentre outras.

Basicamente, o peso é apenas mais uma ferramenta.

Nesse sentido, o peso é útil como um martelo.

Isto é: ele é interessante como parte da sua caixa de ferramentas pessoal.

No entanto, o martelo pode ser usado para o bem (construir algo) ou para o mal (te atingir no crânio).

E o peso também: pode ser usado para o bem (acompanhar sua evolução ao longo dos meses) ou para o mal (gerar frustração e ansiedade).

Por isso que eles são tão parecidos.

Porque, no primeiro caso, tanto o peso quanto o martelo vão te ajudar a conquistar algo belo e importante.

E, no segundo caso… eles só vão te dar dor de cabeça. 😉

(Não é uma metáfora perfeita — mas esperamos que o visual te ajude a se lembrar desse importante conceito.)

Resumindo: O peso pode ser uma ferramenta útil.

Sendo que ele é mais útil para acompanhar evoluções de médio prazo.

Nesse caso, fica mais fácil dissociá-lo dos sentimentos de ansiedade (por você não ficar se pesando a toda hora).

Mas como assim “Evoluções de médio prazo?”

É isso que vamos ver agora.

Quando o peso é útil

O fato é que o nosso peso flutua diariamente.

E existem diversos motivos pelos quais ele pode aumentar de um dia para o outro — que não têm nada a ver com você ganhar quilos e mais quilos de gordura.

Por isso, se você ganhar 2 ou 3 kg de um dia para o outro, saiba que é simplesmente impossível que isso seja 100% ganho de gordura corporal.

É isso que queremos dizer quando mencionamos que a balança é útil no médio a longo prazo.

Porque as mudanças e flutuações que vemos de um dia para o outro não significam muita coisa em termos de composição corporal.

Mas pense no caso de evoluções mais significativas.

Como perder 20 kg (ou 30, ou 40, ou mesmo mais peso!)  ao longo de semanas ou meses — como nos casos de sucesso desta página aqui.

Nesses cenários, a balança é sim um ótimo indicativo de uma evolução consistente de emagrecimento.

(Veja a Andrea, por exemplo, que emagreceu mais de 60kg. Você não precisa nem mesmo ver fotos ou medidas para saber que ela teve uma grande evolução!

No entanto, é claro que essas outras maneiras de acompanhar vão contar a mesma história de superação e sucesso.)

O que queremos dizer é o seguinte.

Que a perda de peso leva mais tempo do que um dia.

E que as flutuações de curto prazo não são explicadas por grandes oscilações na sua gordura corporal.

O que as explica então?

Por que não se preocupar com os 3 kg ganhos no Natal

Mas, se não é gordura… o que são esses kg a mais que você ganha quando sai da dieta?

Boa parte desse peso vem na forma de glicogênio — e de água.

https://www.instagram.com/p/BhKlR-9As07/

(Sim, nós sabemos que está escrito “Páscoa” na imagem, mas o conceito e o funcionamento do nosso corpo é o mesmo em qualquer época do ano. 😉 )

Relembrando: Glicogênio é o modo como nosso corpo “guarda” carboidratos.

São depósitos que ficam principalmente no fígado, e entre as células musculares.

Sendo estimado que cada 1g de glicogênio armazenado seja acompanhado por 3g de água (fonte).

Então, só ao repor seus estoques de glicogênio, você já “ganha de volta” 1 a 2 kg de peso.

Soma-se a isso uma retenção maior que pode acontecer por um maior consumo de sódio…

E ainda a “matéria orgânica” que está dentro de você nesse momento…

E temos facilmente um ganho de 3 a 4 kg (dependendo do tamanho da pessoa).

Por isso, você não precisa se desesperar.

Porque basta voltar à sua alimentação normal que esse peso vai embora facilmente.

(Ao nosso ver, voltar à dieta é um dos 5 passos que você pode adotar depois de festividades e exceções no geral.)

Porém, infelizmente não é isso que as pessoas tendem a fazer.

Elas olham a balança 3kg mais pesada no dia seguinte.

E tendem a sentir culpa.

Se desmotivar.

E acabar transformando um dia de exceção em uma semana de exceção.

Ou um mês de exceção… ou mesmo uma “vida de exceção”.

(Isto é, acabam desistindo completamente.)

Tudo porque acharam que água era gordura!

Então, meu querido leitor, não caia nessa armadilha…

Até porque o seu peso em um único dia não define seu progresso como um todo.

Ele pode ser útil no longo prazo (“olhe, já foram embora 20 kg!”) mas não de um dia para o outro.

E é mais interessante contar com fotos 📸 , espelho, roupas 👗👕👖 , e mesmo medidas corporais.

Por isso, celebre seu Natal sem culpa — e depois volte ao estilo de vida low-carb baseado em comida de verdade.

Porque existe um fundo de verdade naquela frase popular.

“O que te engorda não é o que você come entre o Natal e o Ano Novo, mas o que você come entre o Ano Novo e o Natal.” ***QUOTE

Forte abraço — e feliz ano novo!

São os votos de
— Guilherme e Roney, do Senhor Tanquinho

120 verdades sobre a dieta Low Carb

Receitas de
Sobremesas Low Carb

 Senhor Tanquinho

Guilherme e Roney
- Escritores no site ​Senhor Tanquinho
- Fundadores do projeto de culinária saudável Box Low Carb
- Colunistas no ​Jornal Cruzeiro
- Criadores do Podcast do Senhor Tanquinho de entrevistas com especialistas

    

Gostou? Inscreva-se na nossa lista de novidades!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: