alimentação senhortanquinho

Queijo e a Dieta Low-carb

Senhor Tanquinho

O assunto de hoje é muito saboroso: porque iremos falar a respeito dos queijos no contexto de uma alimentação low-carb.

Então, lendo este texto até o final você vai saber:

  • quais tipos de queijo preferir,
  • qual o papel dos queijos na low-carb,
  • alguns problemas da ingestão excessiva de queijo, e
  • alguns benefícios que você pode ter em inserir queijos na sua alimentação.

E vamos começar falando quais tipos de queijo são mais bem-vindos em uma dieta low-carb.

Queijos E Dieta Low-Carb: Quais Queijos Preferir

Os melhores queijos para consumo numa dieta baixa em carboidratos são –  justamente – aqueles queijos com a menor quantidade de carboidratos.

Sendo que os queijos que têm a menor quantidade de carboidratos são aqueles que são fermentados por mais tempo.

Ou seja, aqueles mais envelhecidos e que acabam ficando com uma coloração mais amarelada.

Alguns exemplos deles são:

  • queijo azul,
  • queijo camembert,
  • queijo canastra,
  • queijo cheddar,
  • queijo coalho,
  • queijo colonial,
  • queijo ementhal,
  • queijo grana padano,
  • queijo gorgonzola,
  • queijo parmesão,
  • queijo provolone…

E muitos outros.

Se você olhar para o queijo e perceber que ele é amarelinho, provavelmente ele é fermentado e baixo em carboidratos.

Mas também existem algumas exceções a essa regra.

Isto é: alguns queijos que não são amarelos mas que ainda assim são low-carb, como:

  • requeijão,
  • catupiry,
  • cottage,
  • cream cheese, e até mesmo
  • ricota.

Por vezes, esses queijos têm um pouquinho mais de carboidrato.

No entanto, se o seu consumo for moderado – isto é, se ele for dentro dos limites do razoável – não são esses queijos que vão estragar a sua dieta low-carb.

E, quando nós falamos em consumo moderado, dentro do razoável, nós queremos dizer para você não basear a sua alimentação em queijos.

Queijos E Dieta Low-Carb: Qual O Papel Dos Queijos?

O que queremos dizer com “não basear a alimentação em queijos” é o seguinte.

Que eles podem ser usados para dar sabor e mesmo para complementar um prato – por exemplo, uma omelete com um pouco de queijo vai muito, muito bem.

Porém, não é para a base da sua alimentação ser um monte de queijo, ?

Porque ela ainda deve ser composta majoritariamente por “bichos e plantas” – isto é, comida de verdade.

Até porque uma ingestão de queijos excessiva em uma dieta low-carb ou cetogênica pode não ser inteligente.

Pois os queijos apresentam 3 problemas principais – que vamos explorar agora.

Queijos E Dieta Low-Carb: 3 Problemas Dos Queijos

Existem três problemas pelos quais nós não devemos basear a nossa dieta nos queijos.

O primeiro problema é que os queijos são muito calóricos e fornecem pouca saciedade por caloria.

Por exemplo, 100 gramas de queijo parmesão apresentam cerca de 415 calorias.

E é claro que ninguém costuma comer 100 gramas de parmesão de uma vez, mas o ponto é que ele não fornece praticamente nenhuma saciedade quando comparado, por exemplo, com 100 gramas de um vegetal (que vai fornecer cerca de 20 a 30 kcal).

Então você pode perceber esse grande contraste.

Ou mesmo quando você comparar 400 calorias de bife ou de frango, com essas mesmas 400 kcal de queijo.

Vai ter muito mais saciedade quando comparado com o queijo.

Relacionado: A Nutri Das Panelas Polyana Rossi abre o jogo sobre quantidades e calorias na low-carb

Até porque as pessoas muitas vezes podem começar a comer queijo e não querer parar mais.

Esse é o chamado efeito dominó.

Isto é, algumas pessoas têm uma verdadeira compulsão por queijo – porque ele é muito gostoso, gorduroso, salgado – enfim, várias coisas boas que as pessoas não querem parar de comer.

O que consiste em nosso segundo ponto: o de que é muito fácil comer queijos “além da conta”.

Esse é um problema que acontece com algumas pessoas – e, se você se conhece e, para você, os queijos despertam a compulsão, então é mais um motivo para você evitar e não ficar comendo sempre.

Até agora você entendeu que os queijos têm relativamente pouca saciedade por calorias, e também que eles podem despertar compulsão em algumas pessoas.

Sendo que os queijos ainda têm um terceiro problema, que é o efeito na insulina que eles podem apresentar.

Isso porque, mesmo que eles tenham um baixo índice glicêmico – isto é, eles elevem pouco a glicemia no seu sangue – eles têm um alto efeito no índice de insulina.

Ou seja: os queijos podem elevar bastante os níveis de insulina no seu sangue e, para quem está começando uma dieta low-carb, ou para quem tem problemas com resistência à insulina, pode ser interessante evitar o consumo excessivo de queijos porque ele não vai ajudar na regulação desse hormônio.

Por outro lado, queijo não é só problema – muito pelo contrário.

Pois existem vários benefícios que nós podemos apontar a respeito dos queijos.

E são eles que vamos ver agora.

Queijos E Dieta Low-Carb: 4 Benefícios Dos Queijos Na Dieta

Um primeiro benefício dos queijos na low-carb é o fato de eles serem ricos em proteína.

E justamente por isso eles são uma adição comum na dieta de pessoas que seguem uma alimentação low-carb vegetariana (mais especificamente, ovo-lacto-vegetariana).

Sendo que pessoas que evitam carnes mas comem ovos e queijos, geralmente apostam nos queijos para conseguir uma ingestão proteica adequada.

Além das proteínas, os queijos também são ricos em gordura.

Mas calma: a gordura não é algo ruim como as pessoas por muito tempo acreditaram.

E estamos falando de gorduras boas para a saúde, que ainda vêm acompanhadas por vitaminas e minerais importantes como sódio, cálcio e fósforo.

Além disso, queijo deixa tudo mais gostoso, não é verdade?

Por isso apontamos o sabor como o terceiro benefício do queijo.

Por exemplo: pode ser que você talvez não goste de um peito de frango grelhado,.

No entanto, colocando uma fatia de queijo em cima, essa preparação já fica muito mais saborosa.

Ou mesmo, como nós mencionamos anteriormente, uma omelete sozinha talvez não seja tão gostosa – mas com um pouco de queijo fica muito mais interessante.

Até porque isso vai te ajudar a seguir a dieta com maior sucesso – e a gente sabe que comer comida gostosa é um dos pilares de uma dieta que você consegue seguir e transformar em estilo de vida.

Por fim, um quarto benefício dos queijos é o fato de eles serem um alimento superior a outras “porcarias” que você poderia vir a comer no lugar deles.

Por exemplo, se você vai a um barzinho com os seus amigos e você quer se manter na dieta low-carb, uma opção que você pode pedir (e que provavelmente vai agradar a todos) é uma tábua de queijos.

Sendo neste contexto muito melhor comer uns pedaços de queijo dessa tábua do que comer uma porção de batata frita.

Sendo assim, os queijos são muito poderosos como substituição de outros alimentos – e, claro, como a gente mencionou, eles se encaixam numa dieta low-carb por serem baixos em carboidratos.

Inclusive esse é um do motivos pelo qual sugerimos os queijos como opção de café da manhã ou lanche low-carb – por ele ser uma opção muito melhor do que pães e outros alimentos feitos à base de trigo.

Queijo E Dieta Low-Carb: Como Posso Saber Mais?

Nós sabemos que este artigo foi só uma introdução para o assunto, e ainda nem mencionamos o fato de que você pode lidar bem com queijos ou não.

Pois existem várias questões envolvidas na decisão de se consumir queijos na low-carb: intolerância à lactose, intolerância à caseína, dentre outros e outros fatores.

Sendo que só você pode tomar a decisão de consumi-los ou se abster deles.

Porém, nós preparamos um texto completo para te ajudar.

Neste texto, que você encontra lá no nosso site, nós falamos muito mais sobre o queijo na dieta low-carb, e ainda falamos sobre leite de vaca, leite de búfala, leites vegetais, outros laticínios no contexto de dieta low-carb…

Até discutimos se queijos são adequados numa dieta primal ou mesmo paleo!

Então, se gostou do que leu até aqui, vai adorar o texto completo:

Queijos Na Dieta Low-Carb: Quais Preferir, Perigos E Benefícios do Queijo E Dos Laticínios

Nós nos falamos nos comentários!

Um forte abraço,
Guilherme e Roney.

P.S.: Em nosso Plano de 21 semanas para dieta low-carb, inserimos queijos de maneira inteligente para deixar sua alimentação mais saborosa, sem comprometer seus resultados. Clique aqui para conhecer.

 

Autores:

Senhor Tanquinho

Guilherme e Roney

    

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: