jejum intermitente senhortanquinho

O Que Quebra O Jejum?

Senhor Tanquinho

No post que você está lendo agora, vamos falar sobre Jejum Intermitente.

Mais especificamente, nós vamos falar sobre uma das principais perguntas que a gente recebe sobre jejum intermitente, que é a seguinte: “O que quebra o jejum?”.

Bom, em primeiro lugar, é importante perceber que não existe uma resposta universal para essa pergunta porque ela depende do tipo de jejum que você está considerando.

É que, na verdade, a gente gosta de classificar o jejum em dois grupos, que seriam: o Jejum de Calorias e o Jejum de Insulina.

O Jejum De Calorias

Um jejum de calorias, que é o jejum tradicional, é aquele jejum no qual você vai evitar ingerir qualquer tipo de caloria durante a sua janela de jejum.

Então, nesse tipo de jejum são permitidas bebidas que não sejam calóricas e não sejam adoçadas, como água, café e chá, por exemplo.

Essas bebidas você pode ingerir à vontade, porque não se considera que elas quebrem o jejum.

Essas bebidas tendem a ser permitidas justamente por serem “Zero calorias” – e isto implicaria que elas não quebram o estado metabólico de jejum.

Por outro lado, também devemos levar em consideração que o jejum não é uma chave de “liga” e “desliga”.

E Se Eu Ingerir Apenas UMA Kcal?

Por exemplo, o Martin Berkhan, bodybuilder sueco idealizador do jejum 16 por 8, defende que uma ingestão de até 50 calorias não quebraria o jejum, principalmente no caso dessas calorias serem de proteínas ou gorduras.

Com isso, você sabe que pequenas porções de algumas bebidas que são um pouco calóricas realmente não quebram o jejum.

Sendo assim, opções como, por exemplo, pequenas porções de caldo de ossos ou de uma água com uma fruta infundida – a famosa água com limão – não tiram você desse estado, e não negam todos os benefícios do jejum.

O que nós queremos dizer é que, no jejum de calorias, a ideia é que seja zero caloria – ou pelo menos algo muito próximo a zero caloria.

Ou seja, algumas gotinhas de limão não vão estragar o seu jejum, assim como um comprimido de multivitamínico não vai quebrar o seu jejum – e assim por diante.

Outras Variações Do Jejum De Calorias

Dentro desse formato de jejum de calorias ainda existem outras variações.

Por exemplo, existem pessoas que não aprovam nem o consumo de água com limão.

Há também quem diga que nem mesmo o café e o chá seriam permitidos, sendo somente a água realmente liberada.

Mas a nossa ideia aqui não é explorar todas as permutações – e sim mostrar uma vertente de jejum de calorias amplamente aceita.

E que inclusive o médico canadense Jason Fung também gosta bastante – que é justamente de aceitar bebidas como café e água, desde que não sejam adoçadas.

O Jejum De Insulina

O dr. Jason Fung também tem um outro tipo de jejum que ele recomenda a seus pacientes, que é o jejum de insulina

Nesse tipo de jejum, o maior objetivo passa a ser não elevar a insulina.

Este tipo de jejum, argumenta Fung, pode ser interessante para pacientes que apresentam elevada resistência à insulina.

Nesse caso, se o paciente vai ficar cinco, seis dias, por exemplo, sem comer nada, pode ser interessante adicionar alguns alimentos que não elevam sua insulina.

Alimentos que não elevam a insulina

Esses alimentos são aqueles que apresentam só um tipo de macronutriente, que é justamente a gordura.

Porque a gordura não eleva a insulina, ao passo que tanto os carboidratos quanto as proteínas acarretam em algum impacto na insulina.

(E não, você não precisa ter medo da gordura natural dos alimentos: porque ela não vai “dar colesterol” nem causar doença cardíaca.)

Portanto, os alimentos permitidos no jejum de insulina são aqueles compostos unicamente por gordura, como: manteiga, óleo de coco, leite de coco, creme de leite, manteiga de coco e assim por diante.

São alguns alimentos típicos que as pessoas gostam de adicionar, por exemplo, a seu cafezinho.

É claro que você não deve, nesse tipo de jejum, ficar dando colheradas no pote de manteiga ou azeite (qual seria o sentido disso?) – mas pode colocar um pouco de manteiga ou óleo de coco no seu café (fazendo assim um café à prova de balas, por exemplo).

Até porque é muito superior em termos de saúde e emagrecimento trocar o pão com margarina por um café com óleo de coco no seu café da manhã.

Quando Consumir Gorduras Durante O Jejum – Sobre Quando Fazer Jejum De Calorias Ou De Insulina

Por outro lado, uma parte dos benefícios do jejum é perdida quando você adiciona calorias (das gorduras) a sua janela de jejum.

Desse ponto de vista, se você está fazendo um jejum mais curto, ou se você só quer pular o café da manhã, então pode ser melhor não adicionar essas gorduras a seu cafezinho.

(Até porque as calorias ainda importam mesmo em uma dieta low-carb.)

Por fim, apesar de ser melhor evitar essa calorias vazias, existem alguns casos que essa adição de gorduras ao café por ser interessante, mesmo no contexto de jejuns mais curtos.

Como, por exemplo, pessoas que estão começando a fazer jejum e ainda não estão acostumadas a pular o café da manhã, e ficar até o almoço ou o jantar sem comer, por exemplo.

Nesses casos, ingerir um pouco de creme de leite ou leite de coco com o cafezinho por ser primordial para que consigam passar pela janela de jejum sem sofrimento.

Sendo que dessa forma elas conseguem se acostumar e integrar o jejum em seu dia a dia mais rapidamente, como também ainda colhem alguns dos benefícios dessa prática.

Nesse contexto, uma outra dica para facilitar e aumentar sua adesão ao jejum, é associá-lo a uma dieta low-carb, afinal nesse tipo de alimentação você aumenta a ingestão de alimentos altamente saciantes, ricos em gorduras boas, proteínas e fibras, que vão te deixar sem fome por mais tempo.

Concluindo

Então você repara que o jejum de insulina é mais permissivo com calorias do que o jejum de calorias, mas por outro lado, essas calorias devem ser provenientes somente das gorduras.

Em ambos os casos é importante notar que uma das regras principais para qualquer tipo de jejum que é não adoçar suas bebidas low-carb.

Você não deve nem mesmo usar adoçantes, mesmo que eles sejam não calóricos (como o eritritol e o xilitol), no jejum.

Isso pode ser porque eles elevam a insulina. Ou por outros motivos que nós falamos no nosso texto completo sobre as principais dúvidas sobre jejum intermitente.

Bom, esperamos que você tenha gostado desse texto, e nos vemos numa próxima postagem.

Um forte abraço,
Guilherme e Roney.

P.S.: Se você não conhece os 10 benefícios do jejum para a sua saúde, clique aqui para baixar o infográfico grátis

 

Autores:

Senhor Tanquinho

Guilherme e Roney

    

Gostou? Inscreva-se na nossa lista de novidades!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: