alimentação de animais patritassinari

Paleo e Paleo Low Carb para Cães e Gatos??

Patricia Tassinari

Saiba que esta pode ser a alimentação definitiva para seu animalzinho ter a saúde e energia que você almeja!!

O que tenho observado é que cada dia que passa os nossos amigos de quatro patas estão cada vez mais parecidos com os humanos: cada vez mais casos de obesidade, diabetes, hipotireoidismo e problemas de saúde que os antigos nem tinham…

Lembro me bem dos pequinêses de minha avó, que viviam até 23 anos, 24 anos com uma saúde invejável, nunca tinham que visitar o veterinário, e nunca se tornavam obesos ou tinham alergias de pele, dores articulares e diabetes. Eles tinham uma saúde de Ferro!!! e comiam carnes, muitas vezes cruas, vegetais frescos e cozidos na banha e manteiga. Comiam o que os animais domésticos estavam designados a comer: Carne.

Muitos gatos das redondezas vinham felizes e contentes com um rato de arbusto que haviam feito de presa há minutos atrás e traziam a “prenda”, gloriosos, aos seus donos que tratavam isso com naturalidade, e os deixavam se deleitar de sua iguaria com sensatez… se ele pegou, ele come. E simples assim, o gato comia “todo” o rato, e o gato era um animal forte, robusto e saudável.

Por que tudo mudou agora?

Por que o rato, de repente se tornou um animal impróprio ao consumo de gatos e cães?? Por que somente agora, os donos se preocupam com Salmonellas e sujeiras?

Por que cada vez mais os animais domésticos se apresentam cada vez mais obesos, sem ânimo, cheio de problemas de saúde e vivem menos?

E essas rações específicas para cada tipo de animal? Será que realmente se fazem necessárias? Ou somente seriam produtos para gerar mais e mais lucros?

Sabemos que muito provavelmente as pessoas irão acreditar que uma ração industrializada é muito mais prática e barata do que dar ao seu Pet um alimento natural, que ninguém tem tempo e que blá, blá, blá. Mas a pergunta é: A vida do seu amigo não vale esse sacrifício?

O quanto que você não irá economizar com a não “inda e vinda” de veterinários e medicamentos, que cada vez mais nutre as empresas farmacêuticas e lojistas? Acredito que se houver organização, como congelar uma carne já picada em porções no seu freezer e ralar na hora uma cenoura, não vai tomar o tempo de ninguém tão atarefado em seu trabalho… ou passar num açougue e comprar um pedaço de fígado fresco e oferecer junto com uma beterraba para um jantar de primeira qualidade não vai atrapalhar o horário de seu programa preferido. E mais para frente, quando seu amigo estiver com 20, 23 anos você vai agradecer estas dicas preciosas que estou lhe passando, e o melhor: Imagine seu Pet chegando nesta idade sem diabetes, problemas hepáticos e outras doenças modernas que assolam a velhice dos nossos amigos de pelo… vida deles vai mudar, e para muito melhor! Você encontrará um novo amigo. Cheio de disposição, vontade de brincar, sem estar o tempo todo esganado pensando em comida e te seguindo a cada mordida de um sanduíche. Pois ele vai ficar tão satisfeito com esta alimentação (que para eles é a mais apropriada e saciante), que não irá querer mais a antiga alimentação (seca, dura, sem gosto e sem graça). Imagine você comendo uma ração seca, feita para humanos que te “fornece” tudo o que você precisa. Comendo aquele “treco” todos os dias, sem variar e sempre… pensou? Já te causei enjoos por hoje? Então agora não vou mais te causar desconforto algum, somente alegria e esperança de proporcionar a ideia de você fazer a comida caseira para seu amigo, uma alimentação digna e competente para que ele fique saudável e feliz.

E o que seria a Paleo para um animal?

Primeiramente gosto de classificar a Paleo não como uma dieta, mas sim como um estilo de alimentação correta, para uma vida inteira…Seria um reset do que estávamos adaptados a comer e reinicialização de uma alimentação saudável e que se encaixa perfeitamente com aquilo que somos designados a comer. Neste cardápio entram todos os tipos de carne, ovos, vegetais, gorduras naturais, sal e raízes…algumas frutas e pronto… tudo certo… tudo equilibrado!

Numa alimentação Paleo, entram alimentos de verdade, comida de verdade… tudo aquilo o que podemos encontrar na natureza e que cada espécie comia há mais de 15 mil anos atrás. Cada ser consumindo o que foi designado a comer, sendo deste modo, animais carnívoros em sua origem devem comer carne como maioria na ingestão diária. Cães derivam de um ancestral comum, o Canis Lupus, o antigo lobo cinzento. Gatos são originários de ancestrais felinos caçadores… comedores de carne.

Na alimentação Paleo, não existe açúcar refinado, farinhas de trigo com glúten e outras farinhas de grão, pois nem os grãos estão inclusos, se contarmos que a Era paleolítica se compreende até antes da inovação da agricultura moderna, até cerca de uns 15 mil anos atrás.  Se contarmos o período de evolução das espécies, um predador como um cão ou gato viveu 99% de seu período evolutivo comendo o que ele foi designado a comer geneticamente, o que lhe serve para energia e o que o torna forte e sem doenças.

Não existia, nos primórdios, aditivos e edulcorantes ou corantes artificiais… isso é invenção moderna, para agradar o paladar e a visão. Cães e gatos não tem muita sensibilidade gustativa aos doces e a assimilação de amidos simples é muito rudimentar, assim como a secreção de insulina deles é muito pouca. Os organismos destes animais não foram feitos para comer batatas aos montes e sorvetes como sobremesa.

Se um animal é designado a comer vegetais (herbívoros) damos a eles o que eles precisam comer para se tornarem fortes e saudáveis: Vegetais. Naturalmente, até a dentição de animais herbívoros são diferentes de carnívoros. Nos herbívoros você encontra dentes largos e com uma mobilidade de mandíbula que possibilita uma trituração melhor dos vegetais e folhas, além do sistema digestivo deles ser totalmente diferentes, pois os ruminantes, por exemplo possuem compartimentos gástricos diferentes, onde as bactérias fermentativas fazem o trabalho da digestão.

No caso de um cão ou gato, é visível a eficácia de suas presas, sendo que os dentes caninos são os mais importantes para estes animais, que mordem e laceram a carne para posteriormente engolir. A maioria não mastiga, engole o pedaço de carne direto, e não adianta você querer ensinar o seu cão a não fazer isso… está escrito geneticamente isso no animal. É assim que o organismo dele se comporta. O uso dos outros dentes seria mais a nível de quebrar um osso, ou macerar, tanto que mesmo os dentes molares de um cão têm superfícies laminares e fazem pontas… não são como os molares de um equino, por exemplo… com grandes áreas de superfície, para triturar os vegetais.

No caso de animais domésticos (cães e gatos), não é difícil tentar imaginar o que eles comiam nas épocas ancestrais… Eles eram caçadores primordialmente. Comiam carne de suas presas, uma fruta que eventualmente caía ao chão, roíam algumas raízes e comiam mato, grama ou outro tipo de vegetal (muitas vezes com terra) para ajudar na sua flora intestinal.

Um cão ou gato não foi designado para comer ração… Não existiam “pés de ração” naquela época… e este “naquela época” seria algo em torno de 40 a 50 anos atrás… e o que se evidenciou nestes longos anos de história, é que aumentou se o número de animais doentes, assim como o número de pessoas doentes por diabetes e outras doenças metabólicas com o uso da “alimentação moderna”! A ração animal é algo muito novo… não tem uso frequente a mais de 40 anos no Brasil.

Sem sombra de dúvidas, que é muito mais fácil para você comprar um saco deste tipo de “alimento” para seu cão ou gato e servir, fora os petiscos como pizza, salame, presunto, salsicha e outras porcarias que a maioria dos humanos acha que seu pet gosta e que é bom pra eles. E os lojistas adoram, pois agora existem além do alimento seco, a carne de latinha, leite para gatos, leite para cães, snacks sabor frango, carne e fígado…e uma infinidade de coisas que eles adoram.

O que podemos reparar com algum período de clínica, é que geralmente o pet toma a forma de seus donos.

Pode prestar a atenção: quando uma família de obesos tem um pet obeso, não estranhem. É por que a família considera seu pet como membro da família e como consequência, o Pet come como um membro da Família… muitos pães, doces, sorvetes, massas e biscoitinhos. E não deveriam: animais metabolizam muito mal carboidratos refinados. Além do fato que milho e trigo são os maiores responsáveis pelas alergias “modernas” em cães e gatos.

Cães e gatos não gostam mais se o biscoito é amarelo, verde ou vermelho. Os donos desses animais é que parecem gostar disso e acreditar que realmente o verde é espinafre, o vermelho é tomate e o amarelo é cenoura. Isso tudo é marketing. É a maneira como as empresas de alimentos para cães encontrou de diferenciar um produto e vender mais para os donos… pois os animais Pets não estão nem se importando com isso.

Outra curiosa informação que Veterinários desinformados sugerem a cerca de nutrição animal é que a alimentação de um cão ou gato não deve ser rica em proteínas para não prejudicar os rins. Afinal? que história é essa de que um animal designado a comer proteínas não deve mais comer proteínas pois danificam os rins? Que parte desse conto da evolução de animais carnívoros se perdeu?

(imagem: cachorropodecomer.com.br)

Ou a explicação é de que os animais devem comer alimentos à base de soja, cereais matinais e pão integral para serem mais saudáveis?

“Os animais domésticos carnívoros estão adaptados fisiologicamente a proteínas de alto valor biológico, e não à proteína vegetal, e de farinhas de carcaças e penas que possuem baixo valor nutricional!”

Com este tipo de alimentação moderna, de 40 anos pra cá, é inquestionável o aumento no número de obesidade canina e felina, diabetes (isso diz respeito à baixa secreção natural de insulina que eles têm), artrites e artroses (inflamações), alergias de pele e outras.

Daqui a pouco os veterinários irão sugerir leite de soja, que é terrível inclusive aos humanos por conterem tanto fitoestrógenos e por serem geneticamente modificados, pois o leite comum não presta. Leite é para filhotes, nenhuma espécie toma leite depois de adulto… isso não faz sentido.

Dando um alimento saudável e com o qual ele foi geneticamente desenhado a comer, seu Pet irá se abster de doenças alérgicas causadas pelos aditivos nas alimentações modernas (corantes, conservantes, edulcorantes), não irá sofrer de obesidade que assola muitos casos de animais domésticos no mundo todo (causado pelo consumo excessivo de refinados e carboidratos simples contidos nestas rações). E com certeza, você irá interferir na longevidade de seu Pet, evitando doenças como o câncer e doenças cardíacas… somente com uma alimentação correta…

Muitas pessoas acreditam que animais domésticos não devam comer alimentos crus, principalmente carnes cruas pelo risco de “pegarem vermes”. Ora… se estivéssemos numa época em que não houvesse um controle rigoroso de qualidade e inspeção sanitária e comprássemos carnes do matadouro sem controle de higiene da esquina, talvez tivéssemos problemas. Mas o cru é natural… afinal eu nunca vi um carnívoro fazendo um churrasco ou cozinhando a carne… isso é coisa do “Bicho homem”!

Portanto, se a sua intenção é manter seu amigo canino ou felino saudável e longevo, e gastar menos com consultas e medicamentos veterinários, recomendo que você adote uma postura mais pró ativa em relação ao que o seu pet come.

Fazer uma alimentação caseira, balanceada para seu Pet, além de ser mais econômico que a maioria das rações atuais, é um ato de amor e de certeza do que você estará dando ao seu amigo… Ele não somente não irá engordar, como ficará longe de perigos recorrentes nos animais: Diabetes e problemas metabólicos devido à alta carga de refinados e grãos na alimentação desses nossos peludos.

 

Dra. Patricia Di Giaimo Tassinari é médica veterinária e pós graduada em Nutrologia de animais domésticos. Clinica atualmente em Stuttgart (Alemanha) casos metabólicos (Obesidade e Diabetes) e Endocrinologia em animais domésticos.

Conheça o seu Programa Pet Forte e também o seu livro mais recente Mude sua Mente Mude sua Vida.

 

Autora:

Patricia Tassinari Master Coach

   

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: